Dogue Alemão – Scoobydoo

A raça Dogue Alemão é bastante antiga, tendo sido originada provavelmente de molossos romanos. Na Idade Média os exemplares da raça eram usados como guardiões de casas e também na caça a javalis.

Bismarck, um criador que nutria profunda admiração por cães Mastiff e por Grand Danois promoveu cruzamentos com o Dogue Alemão, de forma que o resultado deu origem à raça como conhecemos hoje.

Em 1876 o cão foi oficialmente considerado nacional da Alemanha, daí o nome da raça. E foi somente em 1891 que o padrão oficial da raça foi estabelecido.

Conheça também: Oração da Manhã

Características – Padrões da raça Dogue Alemão

Entre as cores de pelagem aceitas estão o preto, azul, dourado e as variações tigrado e arlequim, que é a mistura de branco com manchas pretas.

É comum que os exemplares da raça apresentem torção gástrica, displasia coxo femural e calos em função de seu tamanho avantajado. Por outras razões os cães podem apresentar também seborréia, megaesôfago, higroma e osteodistrofia hipertrófica.